Bela Med
Televendas

(11) 2534-8606
(11) 2534-8607

Buscar
Nome do Produto:
Acessórios em Geral
Aparelhos e Testes
Cuidados Gestantes e Mamães
Dermocosmético
Diabetes
Infantil
Linha Ortopédica
Medicamentos
Perfumaria
Suplementos



Sistema de Detecção de Fraudes

Página Anterior     Início > Medicamentos > Venda Livre > 121442 - Xantinon 100mg c/30 Drágeas

121442 - Xantinon 100mg c/30 Drágeas



Compartilhe:

De: R$7,76
Por: R$6,89 un



Simulador de Frete

Digite abaixo o CEP do endereço de entrega para verificar o valor do frete:

Esqueceu seu CEP? Clique aqui.

Características:

 

 

Tratamento de transtornos metabólicos hepáticos.

 

Indicações:

 

No tratamento de transtornos metabólicos hepáticos, como medicação antioxidante, reduzindo o estresse oxidativo hepático, em casos de doença hepática gordurosa não-alcoólica.

 

Contra-indicações:

Hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Não há contra-indicação relativa às faixas etárias. Como não há estudos científicos com esse medicamento na população infantil, o produto não deve ser utilizado em crianças, salvo a critério médico.

 

Advertências:

O uso de metionina em pacientes com insuficiência hepática grave deve ser feito com cautela, pois pode induzir encefalopatia hepática.

 

Uso na gravidez:

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

 

Interações medicamentosas:

Até o momento não foram relatados casos de interação medicamentosa com o uso do produto. Ingestão concomitante a outras substâncias: não há restrições quanto à ingestão concomitante de alimentos ou bebidas.

 

Reações adversas / Efeitos colaterais:

É bem tolerado; não há relatos de reações adversas relacionadas ao seu uso nas doses recomendadas.

 

Posologia:

3 a 4 comprimidos ao dia, ou a critério médico. O comprimido revestido não pode ser partido ou mastigado. Deglutir por inteiro, com um pouco de líquido.

 

Superdosagem

Considerando as características farmacológicas dos componentes do produto, é pouco provável que a eventualidade de ingestão acidental de doses muito acima das recomendadas determine efeitos adversos graves. Caso ocorram, recomenda-se adotar medidas habituais de controle das funções vitais (monitoração cardiorrespiratória, manutenção do balanço hidroeletrolítico, diurese).

 

 

Cada comprimido revestido contém: DL-metionina ....... 100 mg Cloreto de colina .... 20 mg Xantinon é composto por dois aminoácidos - metionina e colina - importantes para o metabolismo lipídico e protéico que ocorre no fígado. Os seus componentes ativos atuam na mobilização e remoção do excesso de gorduras do hepatócito, além de fornecerem grupos metila para a síntese de colina no organismo. A formação dos componentes lipídicos das lipoproteínas plasmáticas torna-se, portanto, possível, o que facilita o transporte de gorduras pelo fígado. Os aminoácidos presentes em Xantinon são, ainda, importantes para o metabolismo lipídico e para a síntese e manutenção das membranas celulares e participam de forma relevante na defesa antioxidante intracelular hepática, uma vez que estudos1,2 comprovaram que a repleção destes aminoácidos se opõe ao estresse oxidativo responsável pelo aumento nos produtos de perioxidação celular e de radicais livres e danos nas membranas celulares, restaurando as funções hepáticas1. Propriedades farmacocinéticas A metionina, uma vez absorvida, é convertida em SAMe (S-adenosilmetionina). A maioria da metionina administrada é metabolizada no fígado, cujos tecidos têm a maior atividade específica, embora todos os tecidos possam produzir e utilizar a SAMe. A SAMe é doadora de radicais metila na maioria das reações de transmetilação. A meia-vida estimada da SAMe hepática é de 2,4-5,9 minutos em condições dietéticas normais e um adulto normal deve produzir 6-8 g de SAMe por dia 3. A metionina sofre degradação oxidativa no fígado e é eliminada pela via renal 19. A colina é rapidamente absorvida pelo trato gastrintestinal sob forma inalterada após administração oral; uma parte é metabolizada pelas bactérias intestinais em trimetilamina. Cerca de 98% da colina do sangue e dos tecidos são seqüestrados em fosfatidilcolina,que serve como fonte de liberação lenta de colina. A colina passa para o fígado onde vai exercer suas funções fisiológicas. É eliminada pela via renal, sendo 1% sob forma inalterada. É compatível com outros nutrientes e, quando co-administrada, parece favorecer a absorção dos mesmos.

 

Ainda não há comentários sobre este produto. Seja o primeiro a comentar!


     
Desenvolvido por: